Passo-a-passo de Como Vender Através do Marketing de Conteúdo

Artigo publicado pelo Blog Vitamina Publicitária

vendedor

O marketing de conteúdo é um excelente caminho para finalizar com chave de ouro sua venda, pois através desta estratégia, você conseguirá muito mais que simplesmente vender, mas sim fidelizar e estreitar o relacionamento com seu futuro cliente.

Vender é uma arte! O vendedor precisa ter bom papo, conhecimento profundo do assunto, ser simpático, se envolver com o cliente e conseguir convencê-lo de que seu produto poderá revolucionar sua vida.

Existem algumas táticas para que o processo de venda seja feito da melhor forma. O velho e bom funil de vendas é uma delas. Através dele, conseguimos verificar quais os passos a serem seguidos para conseguir finalizar a venda com sucesso.

O funil de vendas representa, de uma maneira simplificada e visual, qual o caminho que o cliente percorrerá para enfim comprar seu produto/serviço. Assim, o time de vendas criará procedimentos para encantá-lo e fazer uma abordagem qualificada.

O marketing de conteúdo tem papel fundamental neste processo. Gerar conteúdo relevante, criativo e que seja interessante para seu público será o primeiro passo para eles saberem da sua existência e mais: fazerem questão de curtir, comentar e compartilhar este conhecimento. Com pensamento estratégico, é possível utilizar o marketing de conteúdo para cada fase do funil de vendas, interagindo cada vez mais com seus clientes e conquistando aos poucos a sua fidelidade.

As etapas do funil de vendas são:

ATRAIR • CONVERTER • FECHAR • ENCANTAR

No artigo Metodologia de Atração (Inbound Marketing) você poderá obter ainda mais informações.

 

Como utilizar o marketing de conteúdo em cada etapa?

1) ATRAIR

Nesta etapa, o visitante de seu blog, site ou redes sociais é apenas um desconhecido em busca de algum interesse específico. Por isso, nesta etapa, é fundamental que seu website esteja devidamente indexado no Google, com todas as informações de sua empresa, produto e formas de contato. Suas redes sociais deverão estar todas atualizadas, com conteúdos interessantes e atrativos. Se possui um blog, melhor ainda! Coloque todos os detalhes e aumente ainda mais as chances de tê-lo como cliente.

O principal objetivo aqui é atrair o lead e levá-lo dentro do processo de venda.

Lembre-se que aqui esta pessoa não tem conhecimento sobre sua empresa e o quanto ela poderá mudar sua vida. Invista em layouts atraentes, textos que falem dos benefícios de sua empresa e que você é o seu solucionador de problemas. A linguagem não é comercial, mas sim instrutiva. Não fale sobre seus produtos, fale sobre seu mercado e o conhecimento que você tem dele.

Seja uma referência do mercado em que atua desde já. Compartilhe conhecimento sobre sua área, novidades, notícias sobre assuntos ligados a sua empresa. Aqui, você compartilha conteúdo por fazer questão de dividir ideias e conhecimento.

Principais estratégias:

  • Invista em vídeos explicativos: crie uma percepção positiva da marca através de vídeos educativos, fazendo com que este lead verifique na prática o quanto sua empresa poderá estar próxima sempre e auxiliá-lo da melhor forma.
  • Conteúdo para blog: excelente estratégia para educar estes possíveis clientes. Aqui você iniciará seu relacionamento sem ter nada em troca, apenas o prazer de compartilhar algo que agregue valor ao seu público.

 

2) CONVERTER

A partir do momento que este lead mostrou-se interessado pela sua empresa, é hora de ser ainda mais próximo!

Este lead já apresentou interesse sobre seus produtos ou serviços, pois em meio a tantas empresas existentes, este individuo escolheu a tua para saber mais detalhes. É hora de saber quem são eles! Através de landing pages e formulários de contato, você conseguirá um mailing excelente para futuras campanhas. Em troca de um ebook, por exemplo, este futuro cliente deixará seus dados de contato para fazer este download que aumentará seu conhecimento sobre o tema.

Assim, você saberá o que realmente ele procura e poderá oferecer mais detalhes ou produtos e serviços que completem ainda mais este interesse.

Continue sendo referência em seu segmento e aproveite os dados de contato para encantar ainda mais e iniciar o processo final da venda. Dependendo da estratégia e da qualificação do lead, o time de vendas já pode iniciar o contato, com um pouco de sutileza. Mas o time só deve fazer o contato se realmente você perceber que a venda final se aproxima.

Principais estratégias:

  • Ebooks: através de um formulário, você terá o mailing em troca de disponibilizar um ebook sobre um assunto interessante de seu mercado. A ideia aqui não é desenvolver um ebook explicativo de um produto, mas sim sobre algo relevante do mercado de sua empresa, um tema útil e de interesse deste público curioso e que está com sede de mais conhecimento.
  • Newsletter: assim que já tiver um cadastro considerável através destas landing pages, comece a investir no envio de newsletter, com mais explicações sobre o assunto que os interessou para que esteja engajado com seu conteúdo deste o início deste relacionamento.
  • Cases de mercado: divulgue algumas histórias de pessoas e empresas que adquiriram produtos que são da mesma linha da sua empresa para mostrar a este público o quanto eles ficaram satisfeitos com os resultados, contribuindo assim, com a possibilidade da venda.

 

3) FECHAR

O momento agora é de envio de e-mails marketing com mais informações sobre seus produtos e serviços, sobre o histórico e importância da empresa.

O lead quer comprar e está precisando de um último “empurrãozinho” para finalmente você finalizar sua venda. Aqui, o que contará será a proximidade, a preocupação em resolver os seus problemas e o compartilhamento de detalhes fundamentais do assunto que o interessou desde o início.

Aqui, a mágica acontece! Deixe seu público confiante de que você é mais que uma empresa e sim um grande parceiro! Seus conteúdos devem ser TODOS personalizados, com o nome do lead e sempre com os temas de que são de seu interesse. Se você tem um leque amplo de produtos, cuidado: nunca empurre ofertas que este lead não tenha mostrado interesse, isso pode comprometer e muito a imagem de sua empresa.

Encante seu lead. Lembre-se que o principal não é uma venda única, mas sim uma longa parceria, onde este lead será um cliente fidelizado, que compartilhará uma ótima experiência de compras com seus amigos.

Principais estratégias:

  • Depoimento de clientes: divulgue depoimentos de seus principais clientes. Faça um mini roteiro para que eles preencham, com questões sobre o atendimento, proximidade, qualidade dos produtos e serviços. Isso faz toda a diferença. Este lead comprovará que realmente o que você tem a oferecer poderá ajudá-lo em suas dores.
  • Blog corporativo: publique notícias, ideias inovadoras sobre seu mercado e invista na comunicação e divulgação deste conteúdo. Você deve ser uma referência de busca quando o assunto for sobre seu segmento.

 

4) ENCANTAR

O grande propósito de sua empresa é ter um cliente fiel, por um longo tempo. Por isso, quando conseguir finalizar a primeira venda, não esqueça deste cliente.

Este momento é de mostrar o quanto estamos felizes em fechar a parceria e que estamos de prontidão para atendê-lo e o quanto a sua empresa é importante para ele.

Trace estratégias pós venda. Envie e-mail marketing de agradecimento pela confiança, junto com um questionário de satisfação, inclusive espaço para sugestões de melhorias. Invista em campanhas de produtos e serviços que complementem a última compra.

Principais estratégias:

  • Webinars privativos: faça webinars exclusivos para tirar dúvidas. Isso aumentará a confiança de seu cliente e ajudará na fidelização.
  • Mídias sociais: utilize diferentes plataformas para comunicar as novidades e inovações.
  • Blog: mantenha-o atualizado sempre, com dicas bacanas sobre o mercado e utilização de seus produtos. Automaticamente esta estratégia faz com que este público esteja sempre presente, mesmo à distância.

O marketing de conteúdo é um poderoso aliado nas vendas. Com a revolução atual na comunicação e na percepção das pessoas, vender de imediato, sem ter um encanto inicial, compartilhar algo que chame a atenção do futuro cliente, não funciona!

A era em que vivemos é de relacionamento próximo, mesmo se for via web. Visitas pessoais são muito importantes, mas se não for o seu caso, a internet une as pessoas de uma forma íntima também.

Seja criativo, inteligente e prestativo desde o início do processo. Fechar a venda da forma mais natural possível é o grande segredo para não somente vender, mas fidelizar seus clientes.

6 Passos Garantidos para Criar os Melhores Títulos e Atrair Leitores!

Artigo publicado pelo Blog Vitamina Publicitária

Ele é o principal responsável por abrirem ou não a sua mensagem. O título tem a função de despertar a curiosidade de seu público para que saibam da sua existência. Quanta responsabilidade, hein?

Desenvolver uma ideia e colocá-la em prática não é uma tarefa simples. Requer pesquisa, estudo, aprofundamento do assunto, rascunhos, brainstorming, etc. Após toda esta análise, você inicia o processo de fazer das ideias algo existente.

Escrever bons artigos faz parte da estratégia de inúmeros sites, blogs e redes sociais. Mas, de NADA adianta se estes conteúdos não chamarem a devida atenção de seu público para a leitura. O grande responsável para instigar e convidar o público a aumentar seu conhecimento ou ficar ciente de uma novidade, é o título.

O título é a primeira conexão com seus leitores e se houver falha neste início, é certo que seu objetivo não será alcançado. Ele está presente em praticamente tudo que fazemos na web: nas redes sociais, nas matérias, anúncios e até mesmo nas ferramentas de busca, como o Google.

Devido a esta importância, vamos te ajudar a criar títulos inesquecíveis, que realmente farão a grande diferença em sua mensagem. Vamos as dicas!

1) A técnica AIDA

Existem 4 elementos que são necessários para a construção de bons títulos. São eles:

  • Atenção: capture com as palavras certas a atenção de seu leitor. Ideias como: “Saiba agora”, “Imediatamente”, “Não perca tempo”, “Gratuito”, “Descubra” são ótimas para que o leitor saiba de imediato que aquele assunto o interessará.
  • Interesse: coloque o principal benefício que seu público terá em ler o seu artigo. “Melhore sua vida”, “Aumente seu conhecimento”, “Ganhe dinheiro” são alguns exemplos.
  • Desejo: aqui a ideia é despertar o desejo através da combinação dos benefícios com senso de urgência: “Melhore sua vida imediatamente”, “Aumente seu conhecimento em poucas horas”, “Ganhe mais dinheiro em 1 semana”.
  • Ação: convide o leitor a ler, curtir e compartilhar o conhecimento. Inclua algo como: “Clique aqui e descubra”.

Esta é a fórmula perfeita para conseguir a atenção desejada.

2) Deixe sempre claro para seu público que ele é único, especial, que o conhecimento que você compartilha será excelente para sua vida

O título tem o objetivo de comunicar os leitores sobre algo novo, que a leitura do artigo será útil para as pessoas, que estas terão mais conhecimento sobre o assunto.

3) O título tem a função também de informar que sua empresa é referência em determinado assunto

“Saiba agora”, por exemplo, passa a imagem de que quem está comunicando detém deste conhecimento e faz questão de compartilhar para a sociedade algo que é de suma importância.

4) Seja diferente

Não tenha medo de ser esquisito. Às vezes, um título “estranho” pode chamar ainda mais a atenção no meio de mensagens que já estamos acostumados a ver.

5) Listas

Está comprovado: listas e números nos títulos ganham a preferência de qualquer público. “10 motivos”, “7 Dicas”, “3 passos” tem muito mais audiência e aceitação.

6) Utilize palavras-chave

Não é para ser mecânico! Se houver a possibilidade de incluir também no título palavras-chave de seu texto, é uma excelente maneira de SEO, além de ser uma forma atraente e inteligente de chamar a atenção.

Estas dicas te ajudarão a aumentar as chances de seu público ter o interesse sobre determinado artigo publicado. Mas, tão importante quanto, inclua na mensagem o quanto sua empresa se envolve com seus clientes, que fazem questão de fazer parte de seu universo, de solucionar sempre seus problemas, de estar próximo nas dificuldades.

Mesmo se sua estratégia for B2B, seu público, seja ele qual for, são seres humanos que gostam e precisam ser tratados como tal. Quanto mais “íntimos” os títulos e as mensagens forem, a empatia será maior e as chances de notoriedade aumentarão.

Neuromarketing: a comprovação da eficácia do Marketing de Conteúdo

Artigo publicado pelo Blog Vitamina Publicitária

neuro

Oferecer ao público mensagens e anúncios que são do seu total interesse, poupando-o de propagandas indesejáveis, que causam repulsa.

O princípio do neuromarketing é o mesmo do marketing de conteúdo: divulgar conhecimento, algo que seja relevante ao consumidor, que traga uma boa experiência de consumo através da análise de seu comportamento.

Desde 2002, o Neuromarketing trouxe descobertas fantásticas para o mundo da comunicação. Através de tecnologias avançadas, pode-se investigar o comportamento do consumidor, ao ver uma marca ou produto e analisar qual impacto esta mensagem gerou em seu inconsciente.

As ferramentas neurocientificas possibilitam uma nova compreensão, verdadeira e comprovada do comportamento do consumidor. Elas são capazes de, por exemplo, determinar se sua campanha vai gerar desejo, repulsa ou ainda aumentar a possibilidade da compra por impulso.

É possível descobrir de fato o que causa o sentimento negativo por um produto, imagem ou frase. Com estas respostas, a empresa conseguirá levantar quais são os assuntos que chamam a atenção de seus consumidores e quais não darão bons resultados.

Saiba agora algumas descobertas do neuromarketing que podem auxiliar na construção do seu planejamento de marketing de conteúdo.

  • Nosso cérebro segue uma zona lógica e por isso gosta que contem histórias. Ou seja, está comprovada a eficácia de contar a trajetória de sua empresa, como seu produto ou serviço pode mudar a vida das pessoas, como foi o processo de lançamento de uma nova campanha. Cada vez mais é necessário envolver seu cliente, fazê-lo sentir-se parte da construção de algo importante de sua empresa.
  • Gostamos de simplicidade. O simples atrai nosso cérebro. Quando inserimos informações demais e deixamos a mensagem com muitos elementos, confundimos o leitor, que precisa de agilidade na compreensão e velocidade para entender o recado.
  • O cérebro feminino se atrai pela socialização. Se o seu público-alvo são as mulheres, pode ter certeza que estas se sentirão mais atraídas ao notarem que estão envolvidas, fazendo parte do contexto da empresa. Se vender cosméticos, por exemplo, pode-se criar ambientes perfeitos para experimentarem e reconhecerem-se como únicas e especiais.
  • Imagens de pessoas atraem nosso cérebro. Humanizar campanhas e posts são excelentes estratégias para prender a atenção de seus consumidores. Se seu produto principal é software, algo específico e técnico, inclua imagens e textos que mostrem pessoas, que ajudem seu público a sentirem-se próximo de seu negócio, deixando um pouco de lado a máquina que é o computador para evidenciar a inteligência e importância da pessoa que está por trás disso.
  • IMPORTANTE: o cérebro prefere imagens à esquerda e palavras ou números à direita (podemos perceber esta “tendência” nas propagandas e conteúdos publicados atualmente).

Percebemos então o quanto é importante avaliar o comportamento de nosso público. Caso você não possua verba ou disponibilidade para contratar este tipo de tecnologia que o neuromarketing oferece, analise com mais profundidade o que as redes sociais nos fornecem.

O monitoramento dos resultados de cada post; a análise da audiência; quais assuntos foram bem aceitos e quais não tiveram uma boa repercussão; quantos comentários, likes e compartilhamentos cada mensagem teve; qual o comportamento do seu público em cada rede, são algumas questões que podemos verificar constantemente e aprender sempre sobre os hábitos e preferências de quem realmente faz a diferença em sua empresa: os novos e já existentes clientes.

 

A Importância de utilizar Canais Próprios de Conteúdo

Artigo publicado pelo Blog Vitamina Publicitária

Utilizar canais próprios de conteúdo possibilita a todos ter total controle dos resultados, sem precisar de terceiros. Além disso, desenvolver o próprio conteúdo faz da informação algo único, exclusivo e de referência ao seu mercado.

Existem inúmeras ferramentas que auxiliam perfeitamente as redes sociais das empresas. Elas agendam os posts, analisam os resultados, qualificam os leads e te dão todo o respaldo para que sua estratégia de conteúdo seja um sucesso.

Mas, isso gera custo. Além do custo, você tende a ficar mais “dependente” deste fornecedor para analisar e trabalhar os resultados que as mídias oferecem. Estas empresas geram excelentes resultados para seus clientes, mas, caso você não possa adquirir um software que faça esta gestão de conteúdo, é possível envolver sua equipe e também colher resultados.

Inicialmente, garanta o conteúdo do seu site ou blog. Ninguém melhor do que você e sua equipe para produzir e administrar os resultados do conteúdo desenvolvido ou personalizado por vocês. A partir deste canal você pode pulverizar e distribuir este conteúdo de inúmeras formas, como posts para Facebook, Twitter, Google Plus ou até uma formatação especial para podcast ou e-mail marketing. É importante ressaltar que você pode ter o conteúdo detalhado no blog e adequá-lo a cada mídia social. Esta estratégia não pode ser esquecida, pois faz muita diferença!

Agora que o seu conteúdo está dentro do teu site, o visitante está ainda mais propício a fechar a venda. Ele pode navegar no conteúdo, verificar o quanto sua empresa entende do assunto, analisar as redes sociais que está inserida e comprovar que sua empresa está perto dos clientes. O bom conteúdo não precisa ter propaganda direta. Ele conduzirá de uma maneira natural o visitante a entrar na parte de produtos e explorar as possibilidades de resolver seu problema ou desejo. O conteúdo do seu site e blog ajuda MUITO na conversão para venda. Por isso, foque na qualidade dos textos, imagens atrativas, layout convidativo e facilidade na navegação.

A partir do momento que você tenha o seu site e possa controlá-lo, você pode tudo! Se depender de regulamento de terceiros você conta com a disponibilidade deles e pode levar mais tempo do que você precisa. É lógico que existem parceiros que sempre estão a disposição para nos ajudar, mas nada como você ter o controle de seus canais de comunicação.

Além disso, ter o poder de seu site em suas mãos significa adequar seu site para campanhas específicas. Ou seja, você pode mudar a sua interface sempre que desejar. Neste ponto, é muito importante ter bom senso e lembrar que seu site é o cartão de visita de sua empresa e não pode mudar de cara mensalmente, por exemplo. É preciso planejamento e bom senso. Usufrua de recursos visuais atraentes e modifique-os sempre que precisar através de seu trabalho e/ou de sua equipe. Você pode, por exemplo, fazer uma campanha de comunicação, modificar sua identidade a cada 3 meses e adequar as capas de suas redes sociais com o mesmo conceito. Não fica cansativo e seu público esperará pelas próximas mudanças.

Manter os canais proprietários de conteúdo significa, principalmente, ter todos os dados perto de você. Você pode acompanhar os resultados de uma campanha diariamente, semanalmente ou como desejar. Tudo o que você precisa observar está ali, pronto para ser analisado.

Se você tem esta possibilidade, acredite! É muito legal produzir conteúdo, deixar o site da empresa com a sua personalidade, modificá-lo, analisá-lo e acompanhar os resultados e audiência de seu público no momento em que você quiser. Invista nesta experiência 🙂

 

O Aquecimento Do Mercado De Marketing De Conteúdo

Artigo publicado pelo Blog Vitamina Publicitária

 

O Aquecimento Do Mercado De Marketing De Conteúdo

mercado-conteudo

Os números são alarmantes: 83% dos profissionais de marketing B2B brasileiros geram conteúdo. Você se encaixa neste perfil? Em caso negativo, é melhor se preparar.

Os bons resultados que a estratégia de marketing de conteúdo traz às empresas resulta no aumento significante de corporações atuantes nas redes sociais, compartilhando informações e conteúdo informativo, inteligente e diversificado para o seu público.

Enquanto a publicidade e a promoção de vendas não fazem questão de esconder seu caráter comercial (pelo contrário, querem mesmo passar a mensagem de que o objetivo é a venda imediata), o Marketing de Conteúdo tem como principal intuito posicionar as empresas como provedoras de conhecimento.

Esta prática está ganhando a preferência das corporações, pois os aproxima ainda mais de seu público e faz com que, naturalmente, sua empresa seja vista como solucionadora de problemas, sem passar a imagem de uma empresa que só quer saber de vender, sem saber as reais necessidades, desejos e interesses de seus consumidores.

Será que isso dá resultado?

Inúmeras pesquisas dizem que SIM! Estudos da Hubspot (empresa de software de conteúdo), por exemplo, revelam que as empresas de bens de consumo que acrescentam o blog a seus websites têm 88% mais oportunidades de vendas a cada mês, dos que as que não possuem. No caso das empresas B2B, a vantagem é de 67%!

Nos Estados Unidos a estratégia de marketing de conteúdo caminha com excelência. No Brasil, a prática cresce bastante, mas ainda hesitante. Segundo a Diretoria do Google da América Latina, um dos maiores entraves para que as empresas brasileiras consigam fazer os seus websites decolarem na internet é, justamente, a falta de produção de conteúdo próprio, com as características da empresa, do local onde está instalada, hábitos dos consumidores e tendências locais.

Fato: seu site será maior visualizado e indexado pelo Google SOMENTE SE VOCÊ PRODUZIR CONTEÚDO DE QUALIDADE.

O mundo da internet está conspirando a nosso favor!

Redes sociais como o LinkedIn estão se mexendo para ajudar as marcas a se tornarem publishers melhores. No mês passado, o LinkedIn inovou e colocou no ar uma pontuação que permite mensurar a efetividade de posts.

Calculada com base no total de membros únicos do site que se envolvem com sua empresa (seja através de página corporativa, grupos, publicações, mensagens, etc) a métrica é calculada. Este número é então dividido pela audiência total de usuários ativos do LinkedIn que se deseja alcançar. O resultado mostra qual parte do público-alvo está sendo impactada de fato.

Ou seja, todas as empresas (incluindo as redes sociais e portais que oferecem espaço para as corporações divulgarem seus produtos e serviços) estão se adequando a esta nova realidade.

O público, independente de faixa etária, sexo e interesse, quer saber sobre a empresa que oferece o produto/serviço que ele procura, ele pesquisa sobre os prós e contras, analisa a experiência de compra de outros consumidores, troca informações, compartilha o conhecimento e a vivência do processo e resultado final da compra.

Em meio a tantas movimentações, o marketing de conteúdo está se tornando uma ação dominante de mercado, que beneficia o público, as empresas, os investidores e titãs do mundo da tecnologia.

Desenvolver um plano de marketing de conteúdo eficaz consiste de 3 desafios:

  1. Comunicação em tempo real: A internet fornece milhões de informações o tempo todo. É preciso imediatismo, com campanhas inteligentes, rápidas e de qualidade.
  2. Multicanais: Sua mensagem necessita ser transmitida através de textos, infográficos, vídeos, ebooks, entre outros meios para atingir seu público em qualquer canal e dispositivo. Lembre-se de adequar sempre sua mensagem para que o consumidor que esteja acessando seu conteúdo via smartphone ou tablet, consiga entender perfeitamente o texto e visualizar corretamente a imagem.
  3. Consistência: Marcas globais precisam manter a mesma linha de comunicação em diferentes países, sem deixar de incluir características locais. Uma boa saída é padronizar o layout para divulgação de conteúdo institucional, produtos e noticias em geral para que seu público, independente do local onde esteja, possa fazer a conexão da sua empresa com o assunto divulgado. Mude/adapte somente o conteúdo que quer divulgar e utilize sempre este visual padronizado.

Ainda temos muito a aprender com esta nova metodologia. O importante já está sendo feito: o reconhecimento de que compartilhar informações de interesse de seu público, sem fazer publicidade direta ou incomodá-los com promoções indesejáveis, cresce a cada instante.

Mensurar os resultados e averiguar qual será o retorno dos investimentos, com base em custos e receitas alcançadas, são metas que empresas especializadas em marketing de conteúdo pesquisam. Afinal, divulgar conteúdo é realmente excelente para a empresa e para a população em geral, porém, é utopia, mesmo a longo prazo, não almejar um bom aumento nas vendas finais.

Marketing De Conteúdo: O Segredo É Fugir Da Preguiça

Marketing De Conteúdo: O Segredo É Fugir Da Preguiça

Artigo publicado pelo Blog Vitamina Publicitária

Quando entramos em nossas redes sociais nos deparamos com fotos de amigos, noticias da família e postagens corporativas. Em meio a tantas informações, é fundamental escrever seu conteúdo de uma forma inteligente, criativa e que chame a atenção de quem você deseja.

Não adianta postar por postar. Sem planejamento e uma estratégia bem definida, seu conteúdo não conseguirá atingir em cheio seu público-alvo.

Marketing de conteúdo é uma estratégia para pessoas sem preguiça.

É impossível fazer marketing neste novo contexto se quiser usar atalhos ou for preguiçoso. Ainda mais nos tempos atuais, em que as informações praticamente vão até você sem precisar correr muito atrás. Porém, fique atento: cada vez mais os consumidores estão espertos, mais hábeis e podem optar por ver ou não o conteúdo publicado. Por isso, replicar conteúdo já existente pode, mas tente ao máximo dar o seu toque, seja como opinião ou algo a acrescentar.

80% dos tomadores de decisão de negócios preferem obter informações sobre a empresa lendo.

Deixe seu seguidor/fã ansioso por notícias de sua empresa. Como? Seguindo um cronograma pré-estabelecido e divulgando conteúdo inovador, novo, que agregue algo em suas vidas.

Como Fazer Marketing de Conteúdo?

Faça um checklist dos assuntos de interesse da sua persona e pesquise mais informações a respeito. Obviamente não é necessário a criação de um novo artigo, “partindo do zero” em todos os seus posts. Você pode mesclar com notícias já publicadas sobre seu mercado, por exemplo. Ou mesmo, pesquisar textos de outros países e fazer a tradução. Isso também gera resultados. Verifique os arquivos de sua empresa, trabalhos realizados há tempos, as conquistas durante os anos de existência e escreva a respeito. A tradição de uma empresa é algo que aumenta a confiança dos consumidores e consequentemente a chance de fechar negócio.

Através de pesquisa e conhecimento do comportamento e preferência de seus consumidores você conseguirá produzir um conteúdo nunca publicado, algo realmente novo, que vá de encontro com as expectativas de seu público.

Decidir por uma compra passa por certo processo, ainda mais no marketing de conteúdo, que não foca a venda imediata. Este processo passa por ganhar a atenção, confiança e fortalecimento do vínculo com sua marca. Para sua empresa começar (ou continuar) com uma boa estratégia de marketing de conteúdo, ela precisará:

  • Mostrar a essência de sua empresa;
  • Ser interessante;
  • Ganhar confiança e envolvimento;
  • Evidenciar seus diferenciais;
  • Postar conteúdos diferentes, criativos em diversos formatos;
  • Tornar as redes sociais um espaço de informação e comunicação com seu cliente;
  • Exibir, através de seu conteúdo, os valores da empresa.

Descubra quem é o seu verdadeiro público e escreva com uma linguagem que os atinja. Diversifique este conteúdo durante a semana através de:

  • Criação de infográficos  Destaque as estatísticas e conquistas de seu mercado).
  • Storytelling – Conte histórias que envolvem sua marca – as pessoas adoram!).
  • Vídeos – Grave depoimentos e histórias de sua equipe e clientes; aproveite esta forma de comunicação próxima e compartilhe mais conhecimento para seu público).
  • E-mails marketing – Use esta ferramenta para divulgar produtos e serviços que seus consumidores já tenham um certo interesse e aumente as chances da venda final).
  • Webinars – Prepare minipalestras sobre como utilizar um novo produto ou com temas em geral, como “ações para fidelizar seus clientes” – esta é uma forma única de estreitar o relacionamento com seus leads).
  • E-books – além de você conseguir uma boa base de dados dos interessados – através do download por uma landing page – seu público agradecerá pela preocupação de sua empresa em compartilhar este conteúdo, entre outras ações que fortalecem sua marca e aumentam o vínculo com seus consumidores.

producao-conteudo

Sempre que puder, escreva algo novo sobre seu ramo de atividade, novidades da empresa, curiosidade de seus funcionários ou inovações de seu mercado. Mas, quando não puder, utilize conteúdo já existente colocando uma pitada de sua personalidade, pois funciona também!

Analise o que a concorrência está postando, quais assuntos geram mais comentários e o que de novo está por vir. Através de uma boa pesquisa e observação, a criação de conteúdo fluirá melhor e você conseguirá atingir os objetivos que deseja.

Boa redação!

8 Dicas Infalíveis Para Ser Referência De Mercado

Artigo publicado pelo Blog Vitamina Publicitária.

mkt-conteudo

8 Dicas Infalíveis Para Ser Referência De Mercado

Identificar problemas comuns da sociedade e ser um solucionador de abacaxis de sua área são as principais características de uma empresa que quer ser referência em seu mercado.

Ser lembrado como uma marca que tem autoridade no assunto, como um verdadeiro representante de seu segmento é algo que toda empresa busca. Em meio a tantas informações disponíveis na internet e com a concorrência crescendo a cada instante, é fundamental que as corporações dominem os assuntos que fazem parte de seu mercado, se envolvam e se apaixonem pelo que fazem a ponto de ser a grande missão de sua vida.

Se você for um profissional liberal, um consultor ou empresário é preciso ser referência naquilo que faz. O primeiro passo para se chegar lá é ter em mente qual o seu posicionamento, ou seja, qual imagem você deseja que seu público tenha de sua instituição ou de seu trabalho. Se seu público for composto por mais jovens, utilize técnicas de flat design, uma linguagem bem informal e faça suas mensagens com visual mais moderno, colorido e descolado. Se o seu público for indústrias, coloque-se no lugar do empresário e diga o que ele quer ouvir.

Se posicionar em seu mercado como uma empresa “mais solta” e próxima dos jovens ou como uma empresa idônea, tradicional e séria é o primeiro passo para conseguir ser referência naquilo que oferece e executa. Bons exemplos de posicionamento são a Coca-Cola, Apple e o Guaraná Antártica, que atingem seu público com a abordagem e linguagens perfeitas.

Utilize o marketing de conteúdo para instruir, educar e compartilhar informações para que seu público absorva este conhecimento.

As pessoas querem saber sobre sua empresa e se você realmente pode ajudá-la. A produção de conteúdo é uma excelente maneira de comunicação com seus clientes e leads, principalmente quando você utiliza uma abordagem mais pessoal, que mostre que existem pessoas por trás de sua marca.

Conheça agora as principais ações que você e sua empresa devem desempenhar para ser referência:

Criar Bom Conteúdo

Desenvolver e divulgar conteúdo útil, inteligente e que vá somar algo para seu público é uma das melhores formas de ser conhecido pelo mercado. Crie algo surpreendente: podscats, e-books com passo a passo para solucionar seus problemas; webinars com dicas infalíveis, infográficos para evidenciar as principais estatísticas do seu mercado, etc.

Ser Referência É Consequência

Sua notoriedade virá com naturalidade. Invista em pesquisas, fique por dentro das novidades do seu setor e busque sempre inovação em seus produtos que automaticamente você será visto com outros olhos. Lembre-se que nada adianta você conseguir todas estas informações, elaborar textos magníficos se não tiver um bom plano de divulgação deste conteúdo.

Quem É Vivo Sempre Aparece!

É preciso ser encontrado quando as pessoas precisam de você. Analise quais redes seu público mais acessa e quais canais eles utilizam para buscar informações. Não precisa estar presente em todas as redes sociais, se o seu público não estiver. Foque naquilo que te dê algum retorno. Atualize seu conteúdo com base em um planejamento de ações pré-definido.

Inovar é Preciso

Inspire novas ideias, novos conceitos e serviços. Sair da mesmice e propor uma ação surpreendente, que chame a atenção de seus consumidores é visto sempre como algo positivo. Traçar estratégias diferentes trará mais brilho para sua empresa, contribuindo para formar a imagem de autoridade em seu segmento.

Networking

Busque se aproximar cada vez mais de seus leads. Seja simpático, prestativo. Desenvolva um bom relacionamento com as pessoas que cruzam o seu caminho. Esta imagem de empresa prestativa aumentará e muito o know-how de sua corporação.

Foque Nos Benefícios

Quando divulgar conteúdo, tenha em mente que seu público deseja saber como sua empresa solucionará seu problemas e não nas características técnicas de seus produtos. Dê ênfase nas vantagens e diferenciais de seus serviços.

Pense Grande!

Mesmo se não for o líder de seu mercado, aja como tal. Mostre ao seu mercado como sua empresa poderá ser seu grande aliado e mudar a sua vida. Pesquise o que está acontecendo no mundo, verifique em qual contexto sua empresa se encaixa e crie conteúdo para destacar sua empresa.

Observe Seu Cliente

Analise e vivencie o comportamento de compra de seu cliente. Saiba suas preferências, desejos e anseios. É fundamental estar atento à estas necessidades para falar a mesma língua e propor as melhores soluções para eles. Conquiste sua admiração! Aproveite as excelentes ferramentas de monitoramento que a internet e as redes nos oferecem.

Estude sempre sobre as tendências, novidades e curiosidades sobre seu mercado. Participe de fóruns de sua área, compartilhe todo o conhecimento sobre seus produtos e o que eles podem fazer para melhorar a vida das pessoas. Agir em prol do bem, contribuir com a melhora de nossa sociedade através de mais educação e conhecimento, além de fazer bem para nosso país, será excelente para o aumento do reconhecimento de sua empresa.